Desordem dos Sentimentos

workshop on-line via plataforma zoom

Nesse workshop, a diretora, dramaturga e atriz Carolina Bianchi, parte de experiências e procedimentos na criação de seus trabalhos "O Tremor Magnífico" , "LOBO, "Quiero hacer el amor", para um mergulho e compartilhamento de procedimentos, práticas, literaturas e imagens que compõem o organismo fluido de suas dramaturgias e obras.

“O erótico para mim funciona de muitas maneiras, e a primeira é fornecendo o poder que vem de compartilhar profundamente qualquer busca com outra pessoa. A partilha do prazer, seja físico, emocional, psíquico ou intelectual, forma entre as compartilhantes uma ponte que pode ser a base para entender muito do que não é compartilhado entre elas, e diminui o medo das diferenças”.
Audre Lorde (Usos do erótico: O erótico como poder)

"O compartilhamento de buscas, pode ser um sistema erótico que comporta potência e angústia, manifestações intrínsecas do erotismo, segundo Audre Lorde e Georges Bataille, respectivamente. É através da partilha de imaginação, da construção de imagens, das palavras macias ou das que cortam como espadas- que podemos tentar outras formas de comunicação e relação, instaurando outras realidades. Um espetáculo, uma performance podem ser criadas a partir da combinação de diversas forças (apaixonadas e devastadoras) que habilitam a existência de uma realidade alternativa possível".
Carolina Bianchi

Programa

O workshop é composto de 4 encontros/aulas online via zoom e mais um encontro para uma abertura pública dos experimentos realizados pelos participantes.
Neste workshop serão compartilhados procedimentos que fazem parte da potente pesquisa e criação artística de Carolina e apontamos os eixos de trabalho a seguir:

> O primeiro eixo de compartilhamento se dá a partir das práticas e metodologias criadas e utilizadas por Carolina Bianchi na criação de seus trabalhos, e onde serão apresentadas e fruidas possibilidades de percepção do contato erótico do corpo com o espaço e seus possíveis desdobramentos. Obras que inspiram este eixo: Os Usos do erótico: o erótico como poder - Audre Lorde; Da supressão do objeto (Anotações) - Lygia Clark; Emocionam-me: O performativo em risco - Renan Marcondes .

> O segundo eixo é Escrever com fantasmas – Biografias molhadas, simbiose violenta.
Narrar é se perder em um bosque muito escuro e úmido. Escrevo como se existissem muitas mãos entrelaçadas nas minhas, mãos vivas e mãos fantasmagóricas. Borrar a biografia. Carolina compartilha referências para a criação dramaturgica e textual e conduz leituras de trechos das obras das autoras guias: Emily Dickinson e Virgínia Woolf.

> O terceiro eixo é Possessão – O corpo jogo do copo pelas Eras.
O corpo como um recipiente de acúmulo Histórico. A História da mão. A linguagem diabólica. Este encontro terá sua dinâmica direcionada a partir da fruição dos encontros anteriores. Obra que inspira este eixo: Capítulo 5 de Calibã e a bruxa - Silvia Federici.

Nos 4 encontros Carolina compartilhará conteúdos relativos aos 3 eixos e dialogará com os participantes em relação às suas pesquisas pessoais.

ze%CC%81%20vamp_edited.jpg

Documentário O Tremor Magnífico, 2020
Clara Cavour