Manifesto de um Corpo Delirante

Estudos para Mata-me de Prazer

 

Cria-se um ambiente de experimentação, utilizando o corpo como principal ferramenta criativa. Elaboram-se sistemas ficcionais, promovendo cruzamentos estéticos, teóricos, performativos. Qual é o manifesto do seu corpo na cena? Abrir espaço para outras lógicas de aproximação entre os performers a partir de ferramentas como a telepatia, a hipnose ou a indução ao transe do sono. Vivemos em um sistema de sobrevivência delirante. É preciso buscar novas ferramentas para que outras realidades sejam possíveis.

   Como materializamos nosso sonho? Como opero meu desejo na cena? Exercícios para eletrizar o corpo e o espaço. Transformar a paisagem. Transar com o espaço. Magnetismo animal. Virar bicho. Narrar de outro ponto a história sexual das suas células. Inverter. Flutuar.

 

Manhã em uma floresta de pinheiros

Ivan Shishkin e Konstantin Savitski

1889